Bahia: Operação Maria da Penha prende 348 pessoas acusadas de violência contra mulheres

Uma operação da Polícia Civil contra agressores de mulheres resultou na prisão de 348 pessoas na Bahia. Deflagrada há cerca de um mês, a Operação Maria da Penha foi concluída nesta segunda-feira (20). Os detidos em vários municípios baianos são acusados de feminicídio, lesão corporal, ameaça, estupro e descumprimento de medida protetiva de urgência.

De acordo com o assessor executivo da Assessoria Executiva de Operações de Polícia Judiciária (AEXPJ), delegado Jorge Figueiredo, um adolescente foi apreendido, 51 mandados de prisão e 28 de busca e apreensão foram cumpridos.

Segundo Figueiredo, a Policia Civil da Bahia, aliada ao projeto do Ministério da Justiça, em alusão ao aniversário da Lei Maria da Penha, realizou ações de combate à violência doméstica em todo o território baiano, visando à proteção das mulheres.

A ação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). Na Bahia, a ação conta com equipes dos Departamentos de Polícia Metropolitana (Depom), de Polícia do Interior (Depin), de Inteligência Policial (DIP), da Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter) e da Assessoria Executiva de Operações de Polícia Judiciária.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.