Bem estar: Dicas importantes para quem quer uma dieta saudável

Uma alimentação saudável não tem a ver com limitações rígidas, com a falta de realismo ou com a privação dos alimentos que você gosta.

A alimentação saudável é um padrão de alimentação que sustenta sua melhor saúde física, mental e emocional. Inclui opções alimentares variadas e equilibradas que atendem às suas necessidades de nutrientes e energia. É sobre se sentir bem, ter mais energia, melhorar sua saúde e melhorar seu humor.

Incluir hábitos de alimentação saudável não precisa ser algo excessivamente complicado. Basta substituir alimentos processados ​​por alimentos frescos e naturais sempre que possível. 

Saber o que é alimentação saudável e como devemos adotar esse estilo de vida, pode fazer uma enorme diferença na maneira como você pensa, olha e sente.

Os fundamentos sobre o que é alimentação saudável

Enquanto algumas dietas extremas podem sugerir o contrário, todos nós precisamos de um equilíbrio de proteínas, gorduras, carboidratos, fibras, vitaminas e minerais em nossas dietas para sustentar um corpo saudável. Você não precisa eliminar determinadas categorias de alimentos da sua dieta, mas sim selecionar as opções mais saudáveis ​​de cada categoria. Vamos agora mostrar as categorias dentro do conceito do que é alimentação saudável!

Proteína

A proteína lhe dá a energia, ao mesmo tempo em que suporta o humor e a função cognitiva. Muita proteína pode ser prejudicial para pessoas com doença renal, mas  pesquisas recentes sugerem que muitos de nós precisamos de mais proteína de alta qualidade, especialmente à medida que envelhecemos.

Isso não significa que você tenha que comer mais produtos de origem animal, uma variedade de fontes de proteína à base de plantas (especialmente leguminosas como feijão e soja, nozes) a cada dia pode garantir que seu corpo receba toda a proteína essencial de que necessita.

É um nutriente vital necessário para construir, manter e reparar tecidos, células e órgãos em todo o corpo.

Entre os benefícios da proteína encontramos:

  • mantém o sistema imunológico funcionando adequadamente, mantém a saúde cardíaca e o sistema respiratório e acelera a recuperação após o exercício;
  • é vital para o crescimento e desenvolvimento das crianças e para manter a saúde nos seus anos de sênior;
  • pode ajudar a reduzir o risco de diabetes e doenças cardiovasculares;
  • pode ajudar a pensar com clareza e pode melhorar a memória;
  • pode melhorar o humor e aumentar a resistência ao estresse, ansiedade e depressão;
  • pode ajudar a manter um peso saudável, reduzindo o apetite, fazendo você se sentir mais completo e alimentando-o com energia extra para o exercício.

Além de ser primordial para se sentir saudável e com energia, a proteína também é importante para a sua aparência. Proteína de alta qualidade pode ajudar a manter a pele, unhas e cabelos saudáveis, construir músculos e manter a massa corporal magra.

Gorduras

Nem toda gordura é igual. Enquanto gorduras ruins podem arruinar sua dieta e aumentar o risco de certas doenças, gorduras boas protegem seu cérebro e coração.

De fato, gorduras saudáveis, como ômega-3, são vitais para sua saúde física e emocional. Incluir mais gordura saudável em sua dieta pode ajudar a melhorar seu humor e aumentar seu bem-estar. Ela também está incluída no conceito do que é alimentação saudável.

A gordura é um tipo de nutriente e, assim como proteínas e carboidratos, seu corpo precisa de um pouco de gordura como energia, para absorver vitaminas e para proteger a saúde do seu coração e do cérebro.

Gorduras “boas”, como gorduras insaturadas e ômega-3, ​​desempenham um papel enorme em ajudá-lo a:

  • gerenciar seu humor;
  • combater a fadiga;
  • aumentar sua energia e bem-estar;
  • controlar seu peso.

Boas fontes incluem:

  • óleos de oliva, soja, canola, amendoim e gergelim
  • sementes de girassol, gergelim, linhaça e abóbora
  • peixe gordo (salmão, atum, cavala, arenque, truta, sardinha) e óleo de peixe
  • nozes (amêndoas, amendoim, macadâmia, avelãs, nozes, cajus)
  • leite de soja, tofu.

Fibras

Comer alimentos ricos em fibras (grãos, frutas, verduras, nozes e feijões) pode ajudá-lo a diminuir o risco de doenças cardíacas, derrame e diabetes. Também pode melhorar a sua pele e até ajudá-lo a perder peso. Pode até ajudar a prevenir o câncer de cólon.

É a parte de alimentos à base de plantas (grãos, frutas, legumes, nozes e feijão) que o corpo não pode quebrar. Ele passa pelo corpo sem ser digerido, mantendo seu sistema digestivo limpo e saudável:

  • facilitando os movimentos intestinais;
  • eliminando o colesterol e substâncias cancerígenas nocivas do corpo.

Em geral, quanto mais natural e não processado o alimento, maior é a fibra.

É encontrada em:

  • grãos integrais;
  • cevada;
  • aveia;
  • feijão;
  • nozes;
  • cereais de trigo;
  • vegetais (cenoura, aipo e tomate);
  • frutas (maçãs, uvas, frutas cítricas e peras).

Cálcio

Além de levar à osteoporose, não obter cálcio suficiente em sua dieta também pode contribuir para a:

  • ansiedade;
  • irritabilidade;
  • problemas de humor;
  • depressão;
  • dificuldades do sono.

Qualquer que seja sua idade ou sexo, é vital incluir alimentos ricos em cálcio em sua dieta, limitar aqueles que destroem o cálcio e obter magnésio e vitaminas D e K suficientes para ajudar o cálcio a fazer o seu trabalho.

O cálcio é um nutriente essencial que muitos de nós ignoramos em nossas dietas. Quase todas as células do corpo usam o cálcio de alguma forma, incluindo o sistema nervoso, os músculos e o coração. 

Seu corpo usa cálcio para construir ossos e dentes saudáveis, mantê-los fortes enquanto você envelhece, enviar mensagens pelo sistema nervoso, evitar o coágulo sanguíneo, auxiliar seus músculos a se contraírem e regular o ritmo do coração.

Se você não ingerir cálcio suficiente em sua dieta, seu corpo irá retirá-lo dos ossos para garantir o funcionamento normal das células, o que pode levar a ossos enfraquecidos ou osteoporose.

Os médicos recomendam que você obtenha o máximo de suas necessidades diárias de cálcio dos alimentos e use apenas suplementos de baixa dose para compensar qualquer deficiência. Seu corpo é capaz de absorver mais cálcio dos alimentos do que de suplementos.

Boas fontes de cálcio incluem:

  • produtos lácteos;
  • vegetais de folhas verdes;
  • certos peixes;
  • aveia e outros grãos;
  • tofu;
  • repolho;
  • abobrinha;
  • feijão verde;
  • alho;
  • alimentos fortificados com cálcio, como cereais e suco de laranja.

Ter consciência do que é alimentação saudável é fundamental!

Carboidratos

Os carboidratos são uma das principais fontes de energia do seu corpo. Mas a maioria deve vir de carboidratos complexos, como vegetais, grãos integrais, frutas; e não refinados, como açúcares e carboidratos refinados.

Cortar o pão branco, os pastéis, o amido e o açúcar pode prevenir picos rápidos de açúcar no sangue, flutuações de humor e energia e um acúmulo de gordura, especialmente em torno da cintura, por isso excluí-los da sua dieta pode ser uma boa ideia para uma alimentação para perder barriga.

Entre os bons carboidratos temos:

  • grãos integrais não refinados – trigo integral ou pão multigrain, arroz integral, cevada, quinoa, farelo de cereais, aveia;
  • vegetais não amiláceos – espinafre, feijão verde, couve de Bruxelas, aipo, tomate;
  • legumes – feijão, feijão cozido, ervilhas, lentilhas;
  • nozes – amendoim, castanha de caju, nozes;
  • frutas – maçãs, bagas, frutas cítricas, bananas, pêras.

Seu corpo obtém todo o açúcar de que precisa naturalmente na comida – frutose em frutas ou lactose no leite, por exemplo. Todo o açúcar adicionado aos alimentos processados ​​não oferece valor nutricional.

Mudança para uma dieta saudável

Ter uma rotina de alimentação saudável não precisa ser uma proposta de tudo ou nada. Você não precisa ser perfeito, você não precisa eliminar completamente os alimentos de que gosta e não precisa mudar tudo de uma só vez – isso geralmente só leva a trapacear ou desistir do seu novo plano alimentar.

Uma abordagem melhor é fazer algumas pequenas alterações de cada vez, agora que você já sabe tudo sobre o que é alimentação saudável. Manter seus objetivos modestos pode ajudá-lo, sem se sentir privado ou sobrecarregado, na mudança na forma que você se alimenta.

Pense em planejar uma dieta saudável como uma série de pequenos passos gerenciáveis ​​- como adicionar uma salada à sua dieta uma vez por dia.

À medida que suas pequenas mudanças se tornam hábitos, você pode continuar adicionando mais opções saudáveis.

Tente manter as coisas simples. Em vez de se preocupar excessivamente com a contagem de calorias, por exemplo, pense em sua dieta em termos de cor, variedade e frescor. 

Novamente, concentre-se em evitar alimentos embalados e processados ​​e optar por ingredientes mais frescos sempre que possível.

MODERAÇÃO!! Isso significa comer apenas o máximo de comida que seu corpo precisa. Você deve se sentir satisfeito no final de uma refeição, mas não empanturrado.

Vale lembrar que Beber líquidos suficientes ajuda a digerir os alimentos, a absorver os nutrientes e a eliminar os resíduos.

Fica a dica!

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.