Chefe do Comitê Organizador das Olimpíadas descarta adiamento: “Absolutamente impossível”

Yoshiro Mori, presidente do Comitê Organizador de Tóquio, é categórico quando diz que as Olimpíadas vão acontecer, mas ainda mantém dúvida de como será a presença de público

Faltando menos de 200 dias para a data oficial da cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio, o presidente do Comitê Organizador dos Jogos, Yoshiro Mori, deixou claro que um novo adiamento do evento está fora de cogitação. Ainda em um evento, realizado pela agência Kyodo News, disse que a dúvida segue quanto a presença, ou não, de público nas competições.

– Um novo adiamento é absolutamente impossível. Acho que teremos que tomar uma decisão muito difícil em fevereiro ou março quanto a presença do público. Ter uma leve sensação de incerteza afeta tudo. Tudo o que posso dizer é que prosseguiremos com nossos preparativos. Sempre haverá amanhã, mesmo depois de uma longa noite. Vamos trabalhar juntos para superar este grande desafio – disse.

Os organizadores também disseram que as Olimpíadas de Tóquio serão realizadas conforme programado em julho deste ano, seguidas pelas Paralimpíadas em agosto, com medidas antivírus rígidas em vigor. No entanto, o país tem lutado para obter o apoio do público, já que grande parte da população é contra a realização do evento, segundo uma pesquisa.

Os organizadores das Olimpíadas de Tóquio minimizaram a pesquisa que mostrava a queda no apoio aos jogos. Segundo a entidade, aumentou muito o número de pessoas que pedem o adiamento, mas isso não significa que não querem que seja realizado.

– É claro que, para tudo aconteça, temos que garantir que manteremos jogos seguros com medidas antivírus. Se você pensar nesses termos, acredito firmemente que as pessoas ficarão cada vez mais confiantes nisso – disse Miro.

O Japão vem registrando um número recorde de infecções por coronavírus, com um estado de emergência declarado para Tóquio e outras três prefeituras.

Fonte/GE

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.